segunda-feira, 20 de março de 2017

GLOBALIZAÇÃO - Lista de exercícios com gabarito

1. (Unicamp) O Tratado de Assunção prevê que em 31 de dezembro de 1994 cairão as fronteiras econômicas entre Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.
a) O que significa, na prática, o fato de não mais existirem fronteiras econômicas entre esses países?
b) Explique a união dos países do cone sul no contexto político-econômico internacional, a partir da década de 1980.


2. (Fuvest) A economia do mundo ocidental evolui no sentido da formação de grandes blocos econômicos: União Européia (ex-Comunidade Econômica Européia), MERCOSUL e NAFTA, sendo esses dois últimos de criação recente.
Descreva, em linhas gerais, a natureza e os objetivos desses dois blocos e comente possíveis conseqüências da consolidação dos mesmos na economia brasileira.

3. (Fuvest) Os países pontilhados no mapa adiante apresentam características físicas e culturais comuns, além de certas semelhanças econômicas. Justifique essa afirmação, exemplificando.
 



4. (Fuvest) "Chefes de Estado e de governo dos Países membros anunciaram, em Jacarta, em novembro de 1994, a aceitação do Chile no maior mercado livre do mundo, que estará em plena atividade até o ano 2020. Vivem na região mais de 2 bilhões de pessoas, que respondem por 50% da produção industrial e pelo menos 40% do comércio do planeta".
                  ("O Estado de S. Paulo", 16/11/94, adapt.)
                 
a) Dê o nome do bloco mundial a que se refere o texto anterior e apresente dois de seus principais objetivos.
b) Discuta a heterogeneidade dos Países membros, ilustrando sua argumentação com pelo menos dois exemplos.

5. (Unicamp) Observe atentamente a ilustração apresentada adiante: ela mostra as marcas da sociedade atual em uma "paisagem primitiva".


A partir das informações apresentadas, explique como e por que, hoje, os espaços geográficos estão "mundializados".

6. (Fuvest) O aproveitamento dos rios da Bacia Platina para a produção de energia hidroelétrica interessa aos países que compõem o MERCOSUL. Considerando a posição geográfica dos mesmos, podemos afirmar que:

a) Argentina e Uruguai são privilegiados porque aí os rios têm escoamento mais regular.
b) Argentina e Chile obtêm toda sua energia graças aos cursos de água que descem dos Andes.
c) a Bolívia está em melhor situação por ter parte de seu território na Bacia Platina e parte na Bacia Amazônica.
d) Brasil e Paraguai são favorecidos porque estão nos altos cursos onde o potencial é maior.
e) Uruguai e Paraguai não podem obter energia hidroelétrica porque seus rios são de planície.

7. (Fuvest) O esboço I representa os continentes segundo a superfície. Os esboços II e III representam cada parte do mundo com uma dimensão proporcional a diferentes informações. São elas, respectivamente:

a) renda per capita e volume da produção agrícola.
b) total da população e renda per capita.
c) valor da produção industrial e percentagem da população alfabetizada.
d) consumo de energia e renda per capita.
e) total da população e volume da produção de minérios.



8. (Fuvest) A propósito do conjunto das atividades econômicas das regiões enumeradas no mapa a seguir pode-se afirmar que

a) são todas áreas de aquecimento econômico.
b) são todas áreas de desaquecimento econômico.
c) 1 e 2 são pólos de aquecimento econômico e 3 é pólo de desaquecimento.
d) 2 e 3 são pólos de aquecimento econômico e 1 é pólo de desaquecimento.
e) 1 e 2 são pólos de desaquecimento econômico e 3 é pólo de aquecimento.



9. (Fuvest) Apesar da industrialização, os países latino-americanos não conseguiram ainda romper o elevado grau de dependência em relação aos centros da economia mundial capitalista. Esta dependência deve-se, principalmente, à
a) ausência generalizada de medidas que incentivem a integração econômica, através da criação de blocos regionais.
b) necessidade de fluxos de capitais internacionais para incrementar as atividades econômicas nacionais.
c) brusca redução das alternativas de exportação provocada pela crise dos países socialistas.
d) ausência generalizada de dispositivos legais que privilegiem o ensino básico, facilitando a incorporação de cidadãos no mercado de trabalho.
e) hipertrofia do setor secundário da economia, provocando grande desequilíbrio na balança comercial dos países.

10. (Unesp) No começo da década de oitenta, países da Europa Ocidental, Japão e Estados Unidos defrontaram-se com uma inflação acelerada e, para combatê-la, adotaram políticas recessivas.
Assinale a alternativa que exprime as conseqüências da adoção de tais Políticas.
a) Diminuição da atividade produtiva e grave crise no comércio internacional.
b) Aumento das exportações e diminuição das taxas de juros.
c) Renovação, sem dificuldade, dos empréstimos internacionais pelos países devedores.
d) Taxas de juros mais atraentes e conseqüente aumento das importações pelos países endividados.
e) Aceleração da atividade produtiva e conseqüente dinamização das atividades comerciais.



GABARITO

1. a) Facilidades no comércio entre os países participantes.
b) Atuam de modo a se engajar na nova ordem mundial onde os Blocos econômicos evolvem.

2. Padronizar as atividades econômicas e o comércio. Melhora nas relações comerciais.

3. Denominam-se países andinos, estão sobre a Cordilheira dos Andes.
Apresentam extrativismo mineral o Chile (cobre) e Bolívia (estanho). Com economia agroexportadora, pode-se citar a Colômbia (café) e o Equador (banana).

4. a) APEC - aprimorar o comércio e facilitar a circulação de capital.
b) Grande diversidade econômica. Ex: Chile, Japão.

5. Devido à multipolaridade, globalização, expansão de capital transnacional.

6. [D]

7. [B]

8. [E]

9. [B]

10. [A]




Nenhum comentário:

Postar um comentário